SEM EIRA NEM BEIRA

 

Minha terra não tem eira nem beira
Mas tem cachoeira e gente pra conversar
Pra sentar no pé da mangueira
Com pote de sal na soleira
E faca pra descascar
Tem duas praças floridas
Um rio e praia bonita
Mesmo não sendo de mar
Minha terra não tem eira nem beira
Oh, saudade daquele lugar!
De gente humilde e guerreira
Que desce e sobe ladeira
Com roupa para lavar
Que enfrenta sol e poeira
Cansaço, chuva e lameira
Para o feijão cultivar
Minha terra não tem eira nem beira
Queira eu um dia voltar para lá
Pra comer daquele arroz com pequi
Que eu nunca encontrei por aqui
E nunca vou encontrar
Pra matar essa saudade
E acabar com essa vontade
Dos amigos reencontrar.
.
Anúncios